Escadinha vira fonte de inspiração para novela da Globo

Novela é novela e em todas existem coisas que, por mais absurdas possam parecer, precisam ser aceitas sem restrições ou reclamações. Faz parte do jogo.

O capítulo de “Insensato Coração”, levado ao ar na noite de segunda-feira, lembrou os antigos filmes de mocinhos e bandidos, além de outros em que o herói, sozinho e apenas um revolver na mão, matava quase toda figuração disponível em Hollywood. Não sobrava um índio em pé.

Pior é que qualquer semelhança com fatos ou pessoas vivas e mortas, às vezes mostrados em tais situações, não pode ser considerada como simples obra do acaso.

Ninguém deve achar que houve alguma inverossimilidade na fuga do personagem Cortez da cadeia, tamanha a coincidência com o caso do Escadinha, José Carlos dos Reis Encina, quando também escapou de helicóptero do presídio de Ilha Grande, no Rio, em 1986.

Tudo igualzinho. Inclusive a má pontaria dos policiais. Nenhuma bala, em toda aquela saraivada de tiros, conseguiu acertar alguém.

Pelo menos isso, depois de 25 anos, poderia ter melhorado um pouco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: