O sucesso de “Se eu fosse você 1 e 2” tem uma explicação

daniel-filho2Que Daniel Filho sempre foi um grande diretor de televisão, eu não tinha dúvidas, afinal seu talento sempre foi merecidamente reconhecido pelo meio e por críticos, sua contribuição para televisão foi enorme bem como sua contribuição para formação de novos profissionais, agora Daniel Filho está escrevendo uma outra história de sucesso no cinema, embora Daniel, o cineasta começou cedo sua carreira como diretor,  dirigiu em 1969 – Pobre príncipe encantado desde então já foram 10 filmes, mas  os filmes “Se eu fosse você 1 e 2”, produzidos em 2006 e 2008, já entraram para história do cinema nacional,  pois quebraram todos os recordes de bilheteria. Não quero entrar no mérito da qualidade dos filmes, mas a importância de ter uma pessoa com Daniel Filho a frente desses “blockbusters”,  dá um personalidade diferente aos filmes e com certeza contribui de forma direta para propagação do cinema nacional, afinal o Brasileiro de modo geral não frequenta  salas de cinema como em outros países e qualquer contribuição para incentivar a industria do cinema nacional sempre é bem vinda . E aproveitando a esteira do sucesso de “Se eu fosse Você”, a Globo filmes já acertou a produção do “Se eu fosse você 3”, para 2011, mas o cineasta não para por ai ele já tem outros projetos ….vamos aguardar !

Uma resposta to “O sucesso de “Se eu fosse você 1 e 2” tem uma explicação”

  1. Rodrigo de Araujo Says:

    De fato o filme foi um sucesso. Ver um nacional resistindo aos blockbusters internacionais é algo admirável.

    Porém, acho que “Se eu fosse você 3” já seria um exagero.

    No caso de outras continuações brasileiras como Tainá 1, 2 tudo bem, já estão preparando o terceiro, uma vez que o filme possui um panorama pedagógico do ponto de vista ecológico, dentre outras questões educativas.

    Todavia, acredito que outros filmes de humor poderiam ser realizados sem repetição, bastaria dizer que o diretor de “Novo título” é o mesmo diretor de “Se eu fosse você 2” ou “dos mesmos produtores de”.

    Esta é uma das táticas de marketing possíveis para uma boa distribuição cinematográfica. Não sou nem um pouco a favor de ficar preso nisto, fazendo sempre mais do mesmo.

    Existem muitos temas para serem trabalhados com humor no cinema nacional. Vamos em frente! onde está o desafio?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: