Dublador de Sean Penn se recusa a dublar no filme Milk

O dublador Marco Ribeiro, que faz a voz do ator Sean Penn ,  disse que não se sentiu a vontade em ceder sua voz para dublar o ator no filme “Milk”, onde Sean Penn é Harvey Milk um ativista gay que se torna o primeiro homossexual a conquistar um cargo político nos EUA.  Marco Ribeiro que também é pastor evangélico disse a Folha de São Paulo,  que sua voz está envolvida em outras questões e que também não faz determinados comerciais. Ninguém é obrigado a aceitar fazer nada, somos um país livre e democrático, mas decisões que possam  ser interpretadas como uma forma de preconceito deveriam ser melhores avaliadas pelos envolvidos, afinal  preconceito racial, sexual , religioso e seja qual for dever ser sempre repudiado.O que vocês acham ?

2 Respostas to “Dublador de Sean Penn se recusa a dublar no filme Milk”

  1. procurameodesenho Says:

    Devo dizer que é realmente difícil a defesa de Ribeiro neste caso. A rigor – e o próprio pastor de certa forma confessa -: foi uma decisão mercadológica, e não de “princípios” ou foro religioso. “Ele seria cobrado pelos fiéis”. O pastor julgou que teria menos rebanho se fizesse o trabalho. Então, eu pergunto: quando ele acha que isso (a cobrança) não vai acontecer, ele faz?

    Ah, se os tais fiéis assistissem (ou mesmo entendessem) o humor fino dos Simpsons, a tal série que o pastor (paradoxalmente) dirige a dublagem nacional(!)… Ah, que bom seria…

    Tô lembrando aqui de uma frase clássica do personagem Ned Flanders (que o próprio Marco Ribeiro já dublaou nos Simpsons): “- Senhor Deus, por que me fizeste isso? eu sigo direitinho a Bíblia: até aquelas partes que se contradizem umas às outras…”
    Ué, dessa série o pastor participa? E mais: ele já dublou o declaradamente homossexual Waylon Smithers nesta mesma série! Por que isso o dublador pôde fazer? Ah, já sei: ali ele estava protegido contra reconhecimentos, contra comentários… longe do olhar de Deus… quer dizer.. do Deus “Mercado”… do Deus “Imagem de Bom Pastor”… que conveniente.

    Os vendilhões não são (nem serão) mais expulsos do templo, pois eles o compraram.

    PS: antes que perguntem: não sou gay e não sou religioso; sou cineasta e escritor, e muito me entristecem e revoltam atitudes como essa.

    Vamos fazer um paralelo: há 130 anos havia escravidão no Brasil, havia “valores cristãos”, e negros e índios não eram gente. Não é vergonhoso lembrar que um dia nossa sociedade (branca, capitalista, cristã e machista) pensou assim? Mas nós mudamos. Sinal de que evoluímos… um pouco…

    Muito em breve os direitos dos homossexuais estarão consolidados, e a atitude do nosso dublador vai soar para nós mais ou menos assim:

    “Dublador se recusa a dublar Denzel Washington: -‘Temos cor diferente… minha voz não… combina'”.

    “Dublador não emprestará sua voz a Tom Berenger no filme “Brincando nos Campos do Senhor”, pois o americano interpreta um “pele vermelha”: -‘Sou anticomunista, desde criancinha; não mexo com nada vermelho’; além do mais o filme “ofende” (mostra a trágica realidade) o proselitismo CATÓLICO E PROTESTANTE.”

    “Dublador não fará vozes nacionais no filme “Dúvida”, pois a película não esclarece se o padre molestou ou não o garoto:-‘Eu não quero ficar na dúvida; isso é contra minha religião'”.

    Ok, fiz piada, carreguei nas tintas, mas pensem bem: se for pra sermos simplistas assim, todos os comerciais SÃO PERNICIOSOS, pois levam as pessoas a consumir produtos por motivos diversos da necessidade, logo são contra os valores cristãos (e quem escreve isto aqui é também um publicitário); recusar fazer este ou aquele trabalho não diminui meu pecado.
    Se o pastor quiser ser coerente, terá de deixar totalmente a propaganda – o proselitismo cristão inclusive – e não dublar nenhum filme, pois todos ferem de alguma forma os valores cristãos.

    E bem vindo ao mundo, pois a contradição, o paradoxo é da natureza da vida.

  2. curtinhas Says:

    Olá,
    E obrigado pelo comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: