IBM, Microsoft, Dell, Lenovo e Hewlett-Packard acusadas por manter trabalho sub-humano

IBM, Microsoft, Dell, Lenovo e Hewlett-Packard foram formalmente acusadas pela ONG Labor Committee (NCL), de manter em suas fabricas nas China um regime de trabalho sub-humano. As empresas estão dispostas a colaborar com tudo que for  possível para esclarecer essa acusação. Segundo a ONG na fábrica trabalham 2 mil pessoas em turnos de 12 horas por dia durante sete dias por semana. Estes indivíduos recebem um salário de 4 iuanes (0,51 euro, US$ 0,64) por hora. além de sofrer um excesso de horas de trabalho, os funcionários carecem de plano de saúde e não têm direito a folga por doença ou por maternidade. È impressionante que nos dias de hoje algumas empresas ainda fazem isso, com certeza essas empresas precisam se explicar e por tudo a limpo, e olha que  não precisamos ir tão longe é só olhar para o nosso próprio  umbigo e ver que ainda temos trabalho escravo aqui no Brasil  em pleno século 21. Absurdo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: